Casa

Minha Casa é um estado de espirito

Não acredito nessas de um só lugar

para chamar de lar

 

Tenho um pouco de casa

Em cada lugar por onde passei

Deixei um tanto de mim por lá

E trouxe também uma parte para cá

 

Provavelmente construí mais boas memórias

Em quartos de hotel

Em casas de amigos

Em apartamentos de familiares

Que dentro do meu lar

 

Casa é onde chorei de rir

Onde tirei os sapatos

Onde me senti à vontade

 

Casa é onde eu olhei ao meu redor

E me senti amada

E senti amor

 

Casa é onde estive sozinha

Onde eu apreciei um bom livro

Escrevi os meus textos

Cantei a plenos pulmões

Dancei loucamente

Colei fotos na parede

E recebi pessoas queridas

 

Casa é onde mergulhei em aconchego

Seja dentro de um abraço apertado

Seja em uma conversa ao redor da mesa

Seja ao ouvir uma voz conhecida ao telefone

Seja ao receber um cafuné na cabeça

Ou ao dividir um cobertor numa noite fria

 

Casa é estar confortável

É despir-se de máscaras

É permitir-se ser frágil

E rebelde, e triste, e feliz

E tudo junto, ao mesmo tempo

 

Casa é o nosso corpo

E a nossa mente

E o que sentimos

E tudo o que fazemos

E o que a gente constroi a partir disso

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *